Relacionamento (118)

Sub-categorias

Vitrine (6)

Com mais de 20 anos de existência, a ANEPAC vem trabalhando para o fortalecimento do segmento de agregados no Brasil, dentro do cenário econômico brasileiro, através de diversas ações junto aos setores público e privado. Muito tem sido feito neste período e os resultados são inegáveis.

Pensando em intensificar ainda mais este trabalho, a entidade está promovendo um redirecionamento de suas ações comerciais que têm como objetivo o estreitamento das relações com seus públicos, especialmente associados e parceiros comerciais.

Conheça a vitrine de produtos destinados aos parceiros da ANEPAC.

Ver itens ...

Palestras (0)

A Indústria em números - Dezembro 2018

Por: CNI

 

Resíduos da mineração: Desafios para o futuro

Por: Fernando Mendes Valverde - ANEPAC

 

Construção civil – Balanços e perspectivas

Por: Jose Romeu - Sinduscon-SP

 

Desafios do setor de agregados

Por: Fernando Valverde-ANEPAC / Abimex 2018

 

Mercado de agregados – SP

Por: Fernando Valverde – ANEPAC / Deconcic 2018

 

O segmento de arquitetura e engenharia consultiva

Por: Fernando Mentone – Sinaenco

 

Perspectivas da indústria de materiais de construção

Por: Rodrigo Navarro – ABRAMAT

 

Perspectivas na ótica da indústria do cimento

Por: Paulo Camilo - SNIC

 

Tendências no mercado da construção

Mario Marques - Sobratema

 

Ver itens ...

Portaria do MME determina que ANM deverá comunicar lavra ilegal à PF e ao MPF

O Ministério de Minas e Energia (MME) determinou que a Agência Nacional de Mineração (ANM) deverá comunicar lavra ilegal ou irregular à Polícia Federal, ao Ministério Público Federal e aos órgãos competentes. Para a fiscalização, a ANM terá que apresentar um relatório detalhado da atividade constando dados dos autores, da substância lavrada, quantidade, qualidade e valores. Acesse a matéria completa aqui.

Diretoria do Banco Mundial aprova a 2ª Fase do Projeto Meta

A Diretoria Executiva do Banco Mundial aprovou um novo Acordo de Empréstimo com o governo federal, por intermédio do Ministério de Minas e Energia. O financiamento de R$200 milhões será investido em pesquisas, serviços de consultoria e projetos voltados para a busca de melhorias das políticas públicas de energia elétrica, mineração, petróleo, gás natural e combustíveis renováveis. Este novo acordo dará continuidade à primeira fase do Projeto de Assistência Técnica aos setores de Energia e Mineral - Projeto Meta, que iniciou-se em 2012. Leia a matéria completa no site: http://www.mme.gov.br/todas-as-noticias/-/asset_publisher/pdAS9IcdBICN/content/diretoria-do-banco-mundial-aprova-a-2-fase-do-projeto-meta-para-modernizar-os-setores-de-energia-e-mineral-do-brasil

ANM lança Plano Lavra a fim de desburocratizar os trâmites entre agência e minerador

A partir de hoje (11/05) entra em vigor o Plano Lavra, lançado pela Agência Nacional de Mineração. O plano visa algumas ações que tem como finalidade desburocratizar os trâmites entre agência e minerador, para amenizar os impactos sofridos pelo setor mineral desde o início da pandemia mundial e melhorar o ambiente de negócios. Já neste primeiro momento é possível perceber mudanças tanto na produção, com a permissão de produzir garrafas de água mineral com PET reciclado, quanto na parte administrativa, no caso de modificações de titulares. Confira na íntegra:

ANM realiza 8ª Reunião Extraordinária Pública da Diretoria Colegiada para discutir assuntos relevantes para o setor mineral

Na última sexta-feira (08/05) aconteceu a 8ª Reunião Extraordinária Pública da Diretoria Colegiada da ANM, por videoconferência. Na reunião foram abordados assuntos relevantes para a comunidade da mineração, além de terem sido tomadas decisões importantes em relação a alguns processos, como o critério de incidência das alíquotas de CFEM e o decaimento parcial de Concessão de Lavra. Acesse o 1º Repertório Trimestral das Decisões da Diretoria Colegiada da ANM em 2020:

CFEM divulga lista provisória de municípios afetados que podem receber verba

Municípios afetados pela atividade mineral poderão receber a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM). A ANM divulgou a lista provisória dos municípios impactados pela atividade que estão aptos a receber. Foram listadas cidades que não produzem mas são afetadas pela mineração abrigando portos, ferrovias, minerodutos e aquelas que abrigam estruturas como barragens e pilhas de rejeitos. As prefeituras têm até o dia 30/04 para solicitar a inclusão do município na lista ou pedir revisão, já que a listagem oficial sairá no dia 09/05. Acesse o documento completo:

 

CFEM divulga lista provisória de municípios afetados que podem receber verba

Municípios afetados pela atividade mineral poderão receber a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM). A ANM divulgou a lista provisória dos municípios impactados pela atividade que estão aptos a receber. Foram listadas cidades que não produzem mas são afetadas pela mineração abrigando portos, ferrovias, minerodutos e aquelas que abrigam estruturas como barragens e pilhas de rejeitos. As prefeituras têm até o dia 30/04 para solicitar a inclusão do município na lista ou pedir revisão, já que a listagem oficial sairá no dia 09/05. Acesse o documento completo:

 

O Ministério das Minas e Energia reconhece a mineração como atividade essencial

 

O Ministério das Minas e Energia edita portaria reconhecendo como essencial a atividade de mineração. Contudo, as atividades devem seguir as orientações de seguranças do Ministério da Saúde para conter o avanço do COVID-19. Acesse o documento: 

Carta da CNI ao Poder Executivo Federal

O Conselho de Mineração da CNI redigiu uma carta evidenciando a excepcionalização dos serviços de mineração com o intuito de solicitar ao Poder Executivo Federal que as atividades sejam tomadas como essenciais de forma explícita e não sejam, de forma alguma, suspensas devido à pandemia mundial que estamos enfrentando. Leia o conteúdo da carta: 

ANM publica Resolução que informa suspensão de prazos

A Agência Nacional de Mineração (ANM) publicou a Resolução nº 28 informando a suspensão de prazos processuais e de requerimento para apreciação de documentos. O documento reforça que estão mantidas as exigências para o cumprimento das obrigações e prazos relacionados à estabilidade e segurança das barragens. Confira na íntegra: 

MME cria comitê para tratar crise do COVID-19

O Ministério das Minas e Energia (MME) publicou a Portaria 117 que cria o Comitê Setorial de Crise com objetivo de articular, coordenar, monitorar, orientar e supervisionar as providências e medidas sobre a pandemia de Coronavírus. Dentre outras medidas a Portaria estabelece critérios para ação junto aos servidores e altera prazos e horários do órgão.

Leia aqui a Portaria publicada no Diário Oficial da União.

 

Publicidade

Associe-se

Conheça as vantagens para se tornar um associado da ANEPAC.

Cadastre-se

Acompanhe as novidades e ações da ANEPAC.